Dicas para prevenir e reduzir a dor muscular após o exercício

/

Os especialistas explicam as causas da dor pós-exercício e como evitá-las e tratá-las

Você sente dores musculares após o treino? Isso é considerado normal porque é uma resposta do seu corpo ao exercício que você está fazendo, que pode causar trauma muscular temporário. No entanto, a dor não deve durar muito, porque o objetivo do treinamento é se sentir melhor, não a dor. Portanto, explicamos como os atletas podem reduzir esse desconforto por meio de alguns métodos simples em casa. Ivan Pacheco, presidente da Sociedade Brasileira de Esporte e Medicina do Esporte, e Erasmo Ouriques, professor de esportes da UniSul, explicaram as causas da dor, o que fazer nesses momentos e como evitá-la. Confira oito dicas de prevenção e seis dicas para reduzir as dores musculares!

Por que a dor ocorre?

Falando nisso depois do treino, a dor muscular geralmente aparece dentro de 24 horas após o treino, especialmente para aqueles que não foram treinados. Dependendo da força, ocorrem microdanos nas fibras musculares, ou seja, as células que compõem o tecido muscular são destruídas. Esses microtraumas são fundamentais para o processo de reconstrução muscular e consequente aumento da massa muscular e hipertrofia.

Mas às vezes o microtrauma é mais extenso do que o necessário. Existem muitos motivos para isso, tais como:

Embora isso seja considerado normal, a dor muscular não deve ser ignorada. Quando são muito fortes e persistentes, indicam que algo não está certo e precisa ser resolvido. Portanto, é importante saber como diminuir o desconforto após o treinamento para evitar que ele persista e piore o quadro.

8 dicas para prevenir dores musculares

Faça treinamentos rotineiros e progressivos;
Busque praticar o exercício o mais próximo de sua técnica ideal;
Conte com a ajuda de um profissional qualificado;
Não queira aumentar a carga ou intensidade sem dominar o exercício corretamente;
Faça variações de exercícios, ainda que seja para um mesmo músculo;
Tenha um sono de qualidade para recuperar a energia gasta durante o dia;
Não deixe de se hidratar bem, impedindo que haja uma desidratação passível de causar dores e cãibras;
Procure ter uma dieta equilibrada, como o consumo de alimentos ricos em proteínas magras, que contribuem na reparação muscular.

Esforço excessivo;
Movimentos muito repetitivos;
O aquecimento ou alongamento ineficaz;
Iniciar um treino ou exercício pela primeira vez.

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
This div height required for enabling the sticky sidebar
Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :