Dormir bem faz com que você perca peso: conheça 5 alimentos que melhoram a qualidade do sono

/

 

Estudos mostram que uma boa noite de sono pode ajudar a perder peso

Dormir bem vai deixá-lo mais magro. No entanto, esta não é a notícia desejada. Além de um bom descanso à noite, você também deve se exercitar mais e fazer uma dieta balanceada para deixar a deficiência calórica desempenhar um papel e promover a queima da gordura corporal. Os fatos provaram que melhorar a qualidade do sono pode aumentar o efeito do trabalho saudável e do descanso.

Um estudo publicado no Journal of Pineal Research apontou isso. Estudos mostraram que a falta de melatonina – um hormônio produzido pelo corpo para regular o sono – pode reduzir o metabolismo, produzir resistência à insulina e aumentar o apetite. Fatores que causam diretamente o acúmulo de gordura no corpo.

Além disso, outros estudos anteriores seguem a mesma linha de raciocínio. Por exemplo, um estudo publicado na revista científica Annals of Internal Medicine em 2004 apontou que apenas duas noites sem dormir são suficientes para aumentar o nível de grelina (um hormônio que causa fome) e reduzir a presença de leptina. Vegetariano é uma substância. que reduz o apetite. Em outras palavras, noites ruins aumentam a fome durante o dia. Esse fato reforça a ideia de que um bom sono pode reduzir o peso.

Uma boa alternativa para evitar que isso aconteça é adicionar alguns alimentos funcionais à sua dieta, além de aderir a hábitos saudáveis, praticar exercícios físicos regulares e manter o acompanhamento médico. Segundo Aline Huguenin, nutricionista do Grupo Prontobaby, os ingredientes naturais podem desempenhar diversas funções no corpo humano. “Eles ajudam a proteger o sistema nervoso central e podem até prevenir doenças como o mal de Alzheimer”, disse o especialista.

E, como um bom sono pode torná-lo mais magro, para ajudar as pessoas que querem melhorar a qualidade do sono, Hugening escolhe cinco alimentos que ajudam a tornar a noite mais tranquila. Verificar:

Leite e produtos lácteos – fontes de triptofano, cálcio e magnésio, promovem a produção dos hormônios do sono – serotonina e melatonina.

Cerejas, bananas e kiwis – além de conterem vitaminas e minerais, também contribuem para a síntese de melatonina.

O grão-de-bico – fonte de triptofano e vitaminas, desempenha um papel na produção de hormônios neurotransmissores, que estão relacionados à saúde e à melhor qualidade do sono, como a serotonina e a dopamina.

A camomila tem efeitos relaxantes, antioxidantes e antiinflamatórios, além de ser um bom indutor do sono. Ajuda a reduzir o estresse e a ansiedade.

Mel – Além de promover a produção de serotonina, também possui propriedades antioxidantes. Não é adequado para crianças menores de um ano de idade.

  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
This div height required for enabling the sticky sidebar
Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :