Aprenda a amar o seu corpo e a si mesmo

Aprenda a amar o seu corpo e a si mesmo

Sempre falo aqui no blog sobre dicas para emagrecer e para ter uma alimentação saudável. Porém, ultimamente tenho prestado muito mais atenção nos comentários que recebo tanto no blog quanto no grupo do Facebook, e noto que muitas pessoas tem um enorme desespero em emagrecer. Não porque elas realmente querem fazer uma dieta, e sim porque não conseguem se amar ou se aceitar como são. Primeiro que as dicas que damos aqui são todas voltadas a ajudar as pessoas a melhorarem a qualidade de vida e a saúde através da alimentação, a parte estética é resultado dessas mudanças na vida da gente.

Eu sei que todo mundo quer se sentir bonito, desejado, principalmente as mulheres, eu sou mulher e sei bem como é a cobrança da sociedade, os padrões de beleza que a mídia impõe e tudo o mais que atormenta nossas cabeças com a imposição da magreza. Mas na prática não é bem assim, não é mesmo? Acredito eu que esse post toque mais no coração das mulheres, não que os homens não sofram com cobranças de corpos sarados e fortes. Veja bem, eu já ouvi diversas vezes de colegas de trabalho, mãe, pai, tias, família em geral que eu estava engordando, ou que eu estava gorda, mas se esse excesso de peso não prejudicava minha saúde, o que leva essas pessoas a acharem que tem o direito de falar da minha aparência? O fato que a sociedade implica que temos que ser “perfeitos”, e também porque provavelmente essas pessoas já ouviram o mesmo tipo de coisa, e acham que é normal sair dando palpite sobre o corpo alheio. E a enchurrada de “conselhos” e “comentários” não param somente no “você engordou” vem terrivelmente acompanhados de “assim vai ficar solteira sempre” ou “vai perder o namorado se engordar mais”. Quem aqui nunca ouviu isso? Mas saibam vocês que não é somente quem esta acima do peso que vive isso, ok? Eu já vivi os dois lados da moeda, fui gordinha a vida toda, e acreditem ou não esses comentários maldosos me levaram a tomar a decisão de emagrecer, e eu emagreci, emagreci e muito. Sim, eu emagreci do jeito errado amigos, eu optei pelo caminho mais rápido e perdi muito peso a ponto de ter um distúrbio alimentar, fiquei bem abaixo do meu peso, sofria com crises de pressão baixa, desmaios, tonturas, não me alimentava praticamente, fui parar no médico algumas vezes e aí o que eu ouvia “você está magra demais” “você está feia” “você parece que está doente, parece que está com aids”.

E foi assim que eu aprendi que as pessoas nunca estão contentes, e elas propagam isso como se fosse normal, elas se sentem no direito de interferir na sua vida, no seu corpo, no seu mundo, mas e você com tudo isso? Bom, eu no caso me vi infeliz, estava magra, usava roupas infantis e que ficavam largas, e as pessoas ao meu redor estavam infelizes por me ver daquele jeito. Eu pensei bem e percebi que eu estava olhando pro lado errado, porque eu olhava pro lado de fora, e o lado de dentro? E eu? O que me fazia feliz? A gente perde tanto tempo tentando agradar e impressionar os outros que esquece de agradar a si mesmo. Eu aprendi a me amar, da pior forma possível, aprendi que meus quadris largos são bonitos pra muita gente, aprendi que as coxas grossinhas ficam sim bonitas de saia e de shorts, aprendi que eu sou assim, e tem gente que tem muito seio, e é lindo, aprendi a ver os pontos fortes em mim e nos outros, aprendi a ouvir os elogios e desviar das criticas. Já fui bem mal educada com quem me criticava (haha) hoje eu só ouço e sigo adiante, me sinto melhor assim.

Me acho linda mega power maravilhosa? Claro que não, mas agora aprendi a me cuidar mais, se vejo que to acima do peso que me sinto bem, eu vou maneirar nas besteiras, vou a academia pra ter mais disposição e tentar tornear um pouco as coxas grossinhas hahaha, mas eu gosto de mim, me olho no espelho e sei encontrar o que acho bonito. É normal não estarmos plenamente satisfeitos com tudo, mas temos que saber das nossas qualidades, dos nossos pontos fortes. E também devemos nos amar, nos cuidar, aprender que tudo na vida leva tempo e requer cuidados, como por exemplo perder peso, não adianta perder peso, perder a saúde e a sua sanidade. Te que ir com calma e fazer do jeito certo, assim como não adianta começar uma mudança na alimentação e na sua rotina se você não está de pleno acordo ou preparado para isso, a mudança tem que vir de você, do que você quer, e não do que as pessoas querem que você faça.

Então amiguinhos, botem a carinha na frente do espelho e olhem bem. Olhem sem medo e sem maquiagem, olhem sem roupa também. É impossível não ter algo de bom! Aprendam a se valorizar pelo que e por quem vocês são, o amor próprio é que nem ar, você precisa dele pra viver, então ame seu peitão ou seu peitinho, sua cintura fina, seu quadril largo, sua “barriguinha de cerveja”, seus olhos, aprenda também a reconhecer o que o espelho não mostra, qualidades como sua coragem, sua alegria, suas amizades. Aprender a gostar de si mesmo é quase um absurdo, já deviamos nascer sabendo muito bem a nos amar. Mas infelizmente não é assim que a vida acontece, então se acostume com a idéia de que você é uma pessoa bonita sim, e deixe esse sentimento crescer dentro de você. A vida é muito maior do que as besteiras que as pessoas falam ou cobram de você.

Peço desculpas pelo texto grande, era pra ser apenas uma introdução para as dicas que vem a seguir, mas todos os dias leio o relato de tantas pessoas que compartilham suas histórias comigo, que me senti na obrigação de compartilhar minha história com vocês. Leiam as dicas abaixo, coloquem em prática e sejam felizes. Um mega beijo!

 

1- Não seja você seu próprio carrasco: Pare de se colocar pra baixo, já existe muita gente chata no mundo pra implicar com a aparência alheia. Pare de se sabotar e aprenda a gostar de si mesmo. Já dizia RuPaul se você não ama a si mesmo, como vai conseguir amar outra pessoa?

2- Também não seja o carrasco dos outros: Assim como não gostamos de comentários negativos sobre nossa aparência os outros se incomodam também. Aprenda a ver e identificar os pontos fortes de outras pessoas, é um exercício muito valioso.

3- Todos temos defeitos! TODOS!!!: Estrias, celulites, cicatrizes, espinhas, pelo encravado e afins todo mundo tem, recentemente uma modelo de lingerie da Victoria’s Secrets postou uma foto no instagram mostrando que tem estrias e celulite, Lady Gaga também fez o mesmo, então veja que até mesmo modelos que vivem da aparência são gente com a gente. Se dê o direito de ser uma pessoa normal e pare de se cobrar.

4- O seu peso é somente um número e não o quanto você vale: Pare de se preocupar com peso, preocupe-se sim com sua saúde e seu bem estar, o peso é apenas um número, ele representa a sua massa corporal e não a sua essência.

5- Aprenda a ouvir elogios: Isso, você tem que aprender a ouvir um elogio, aceitar e agradecer ao invés de recusar o elogio e dizer que a pessoa só está falando pra te agradar. Até porque se alguém te elogia é na intenção de agradar mesmo não é? Então abrace os elogios como se eles fossem algodão doce macio haha e sejam felizes.

6- Não se cobre tanto: Você não tem que ser a mulher maravilha, o mesmo para os homens. Todos temos uma rotina corrida, seja com trabalho, casa, filhos, família e afins. Saiba respeitar seus limites, suas necessidades, sinta-se confortável com você mesma para sair de casa sem maquiagem quando não tiver tempo ou simplesmente não estiver afim de usar. Você pode sim usar roupas confortáveis, não precisa estar sempre “montada”, de salto e afins, use roupas que sejam confortáveis para você, que façam você se sentir bem e sem se preocupar com o que os outros acham.

7- Pare de se comparar: Você é você e fim. Cada pessoa tem um biotipo, um metabolismo, uma estrutura óssea, e você não tem que criar modelos de como você deve ser. Seja você mesmo, ame quem você é e aprenda a valorizar suas qualidades. Pare de se questionar porque seu seio não é maior, ou porque seu bumbum não é menor. Você é apenas uma mistura de heranças genéticas, aprecie isso, você carrega consigo um pouco de cada membro da família, características únicas que só você tem. Celebre a sua exclusividade.

8- Fuja do passado: “Ain Bianca mas 10 anos atrás eu era bem mais bonita” Amigos nem vocês, nem ninguém vive no passado, então aprendam a amar quem vocês são hoje. Poxa há 10 anos atrás eu era mais nova também, mas também era mais imatura, era menos prudente. Todos envelhecemos, e aprendemos muitas coisas no caminho, o que faz da gente mais experiente, espero que o tempo também te ensine a gostar mais de si mesmo, que com os anos você também ganhe pontos na auto estima.

9-  Você vale tanto quanto qualquer pessoa: Ninguém vale menos ou mais por ser mais pesado ou mais leve. Aprenda que se você acha que tem menos valor porque está acima do peso, você está dando ao mundo o direito de achar isso também. Se as pessoas ao seu redor não sabem te respeitar, mostre a elas que elas tem a obrigação de ter respeito ao próximo, independente de como ele seja.

As dicas e o texto falam muito sobre peso, mas vale para todos, homem, mulher, magro, gordo, e para todos que ainda não aprenderam o valor que tem. Seja o que for que te incomode ou que te faz achar que é um motivo para se envergonhar, jogue isso fora. Nós nos destacamos pelas nossas particularidades, então aprenda a valorizar tudo que te torna uma pessoa diferente, ser diferente não é uma coisa ruim, afinal de contas já existem muitas pessoas iguais no mundo não é mesmo?

 

Publicado em 14/07/2015

Categorias: AutoajudaDicas para emagrecerSaúde e bem estar

Conteúdo exclusivo no seu email

Cadastre-se para receber nosso conteúdo exclusivo