Pular para o conteúdo

Dieta do mediterrâneo

A dieta do mediterrâneo, como o nome sugere, é baseada na alimentação comum dos países banhados pelo mar Mediterrâneo.

É, no entanto, uma dieta fácil de ser adaptada à rotina do brasileiro. Rica em fibras de vegetais e frutas, azeite de oliva, cereais, peixes e vinho, num total de 1400 calorias ingeridas por dia. Aliada a um programa de exercícios físicos moderados com frequência mínima de 3 vezes por semana, essa dieta pode eliminar até 4kg em um mês.

Assim como na maioria das dietas, a fórmula desta não nos é estranha – aumentar o consumo de proteínas e fibras através do consumo de carnes magras (preferencialmente peixe, neste caso), frutas, hortaliças e legumes. O consumo de vinho – um cálice por dia – e o uso do azeite de oliva na preparação dos alimentos são responsáveis pela aceleração do metabolismo e a redução do colesterol ruim.

Carnes vermelhas não são recomendadas em porções superiores a 1 vez por semana. Associada a um programa regular de exercícios principalmente aeróbicos, a perda de peso é natural e os benefícios para a saúde são imensuráveis. Diz-se até que esse é o segredo da longevidade dos povos dessa região. Que tal testar?

Gabriel

Gabriel

Especialista em crédito. Antes de mais nada, apaixonado por tecnologia! Bacharelado em Comunicação Social (Publicidade e Propaganda) e MBA em Gestão de Negócios.

Você também pode gostar ↓↓↓