Pular para o conteúdo

Especialista faz alerta sobre os perigos das dietas prometidas pelos influenciadores digitais

    A busca por um corpo perfeito e saudável é um hábito que desenvolvemos desde o início. Se em tempos pré-históricos o corpo humano tinha a simples função de sobrevivência, em outros tempos, a beleza sempre nos pareceu essencial, e a saúde é essencial para o bom funcionamento desses corpos.

    Mas nunca em nenhum outro período de nossa existência vimos tamanha obsessão em atender aos padrões estéticos estabelecidos como somos hoje. De todas as mídias, é um dos temas mais procurados e ofertados: o cardápio é diversificado, desde fórmulas mágicas até dietas e treinos que garantem resultados satisfatórios. Com o advento da internet e a proliferação de influenciadores, youtubers, etc., esse tema está sempre em alta e, como prometido, há soluções para todos os problemas de saúde, passados ​​e futuros.

    Basta seguir (e pagar, é claro) as instruções. Mais recentemente, a espécie viu uma “evolução” com o advento de treinadores de nutrição, juntamente com empresários de perda de peso.

    Messias como todo mundo, essas pessoas agora estão navegando em outros mares além da nutrição e do exercício. Por exemplo, algumas pessoas já tratam a genética como um tema diário, assim como uma refeição com pouco carboidrato. Há pouco tempo, a declaração de Maíra Cardi sobre Rodrigo Faro na RecordTV causou polêmica.

    O ex-BBB é hoje um dos treinadores de nutrição mais bem-sucedidos do país; com quase 8 milhões de seguidores apenas na conta do Instagram. Seu método de emagrecimento custou quase 5 mil reais, e uma postagem na rede social pode gerar o dobro no bolso do influenciador. Diante de um público tão grande, qualquer uma de suas falas se tornará viral, ajudando ou dificultando a compreensão do tema, principalmente para um público que desconhece informações complexas como a genética que é tratada no Projeto Faro:

    “Eu fiz modulação epigenética antes de engravidar da Sophia. Como nem todo mundo sabe o que é, deixa eu fazer uma explicação breve. É quando você e seu marido mudam a alimentação antes da gravidez para zerar a genética de doenças. Câncer, diabetes, qualquer doença genética vem zerada. Aí o seu filho nasce sem nenhum gene ruim de doenças”, afirmou categoricamente para espanto do apresentador e certa indignação da comunidade científica.

    Quando surgem controvérsias no campo da saúde, a imprensa é chamada a falar com a ciência. A tarefa é esclarecer os fatos comprovados em laboratório e diferenciá-los das táticas de vendas comerciais. Para falar sobre esses treinamentos, desinformação e avanços na ciência da genética, esta coluna entrevistou o Dr. José Antônio Diniz, CEO da ConectGene, empresa especializada em testes genéticos. Diniz também é doutor em Saúde Pública pela Fiocruz.