Dieta Paleo: o que é e como funciona?

Dieta Paleo: o que é e como funciona?

A Dieta Paleo não é um regime revolucionário, é apenas uma dieta que promove o emagrecimento natural, de forma simples e inclusive ajuda a evitar e curar diversas doenças. Quem está acima do peso e busca emagrecer rapidamente, realizando dietas e regimes que as vezes até funcionam, mas acabam com o seu organismo, tem como resultado final o efeito sanfona, entre outros fatores que mexem até com o seu psicológico. Perder peso com saúde é a melhor maneira, pensando nisso vamos apresentar a Dieta Paleo e entender porque ela, apesar de não ser novidade, é totalmente funcional.

O que é a Dieta Paleo e como funciona?

Você já parou para pensar que os nossos ancestrais da era Paleolítica (paleozoica) tinham uma dieta baseada em carnes e frutas, e ainda sim eram muito resistentes a toda vida primitiva? No tempo paleozoico eles viviam em situações precárias, e venceram, deixando todas as gerações do mundo atual. Mas qual era o seu segredo para tanta vitalidade, força e por ter um corpo saudável?

É pensando neste assunto, que hoje iremos falar um pouco mais sobre a Dieta Paleo, uma dieta que tem como fundamento, seguir os padrões da era primitiva de mais de 2 milhões de anos atrás, onde o ser humano vencia com força dia após dia os predadores e era capaz de se manter esbelto, ter agilidade, energia e disposição. Fatores fundamentais para a sobrevivência na época, pois caso contrário deixava de ser caçador e viraria uma caça.

A Dieta Paleo é uma dieta muito simples, tão simples que não exige um regime, e nem que você fique controlando todas as suas calorias diárias. Ela influencia você a comer corretamente e com qualidade. Evita alimentos que sejam prejudiciais a nossa saúde, como os industrializados, os quais não existiam na era Paleo, e principalmente carboidratos, que além de engordar podem lhe trazer a tão temida diabetes.

Os resultados desta dieta se tratando de emagrecer com saúde e rápido, são praticamente imediatos.

O que comer na Dieta Paleo? Alimentos Permitidos

  • A dieta consiste basicamente em se alimentar de carne (proteínas), todos os tipos de carnes, com Omega-6 baixo, vísceras (fígado, rim, coração, cérebro, glândulas, frango, peixes e frutos do mar ricos em Omega-3 e também de frutas, vegetais, manteiga e azeite de oliva a vontade.
  • Também é liberado comer em poucas quantidades: Arroz branco, cenoura, batata, banana, tapioca, beterraba e batata doce. Leite de coco, mecadâmia, abacate e outros legumes, temperados o mais naturalmente possível.

Essa alimentação primitiva tem por base que nossos ancestrais eram caçadores e coletores, ou seja, se alimentavam somente de carnes, frutas, legumes e verduras, alimentos totalmente naturais.

  • Temperos: Se possível evitar o sal, por ser um produto refinado. Quando muito necessário, incluir o mínimo possível (1 pitada). Cebola, salsinha, alho, ervas e cebolinha
  • Bebidas permitidas: Café, Chás e Água.

O que NÃO comer na Dieta Paleo? Alimentos Proibidos

  • Nesta dieta você deverá evitar grãos de trigo, soja e seus derivados. Leite, margarina, bebidas industrializadas como cerveja, refrigerantes, sucos não naturais etc. Açúcares, biscoitos, óleos industrializados, de vegetais, feijão, salgados, massas, bolos e praticamente tudo que for industrializado.
  • Lembre-se de que a dieta é Paleo, ou seja, tudo deve ser o mais natural, mais primitivo possível, focando apenas em gorduras que sejam consideradas boas.

dieta paleo

Fonte da imagem: www.perfecthealthdiet.com e eall.com.br/paleo de Marcelo Leal

Por que fazer a Dieta Paleo?

O corpo humano foi “programado” a centenas de milhares de anos, a ter por base uma dieta praticamente composta por proteínas e gordura animal. Esta era a nossa fonte de energia no início de nossa era, o que nos dias atuais seria se alimentar basicamente de aves, peixes, bovinos e gorduras de origem animal não processadas.

O conceito Paleo é focado no que nosso corpo foi instruído nas eras primitivas, que serviram de alimento e fonte de energia durante milhões de anos, até alguns séculos atrás, antes da criação de indústrias. Com a dieta Paleo você se sente livre para alimentar-se bem, ficando satisfeito e com uma paz interior de que está fazendo a coisa certa.

Saiba que o nosso organismo tem a capacidade de gerar açúcar (glicose) a partir das proteínas e gorduras de origem animal que ingerimos. Então ficar sem comer doces não irá lhe fazer falta nenhuma.

Mas saiba que você poderá entrar na dieta Paleo com calma, não precisa largar tudo que é industrializado e todos os doces de uma só vez, nesta dieta o extremismo está proibido! Vá tirando isto da sua alimentação gradativamente, até que não sinta mais a necessidade. Mas lembre-se de que você vai precisar eliminar, não adianta manter velhos hábitos achando que está resolvendo e que vai conseguir emagrecer.

A verdadeira dieta de proteína

Nosso organismo acumula gordura no corpo como fonte de energia em casos de emergência. Quando ingerimos altas quantidades de carboidratos, o organismo finge que queima eles, e em seguida já lhe da fome novamente, sempre querendo mais, assim você vai lá e come de novo, e todas essas gorduras “queimadas” dos carboidratos, são acumuladas no seu corpo, visto que você nem gastou e já “renovou” a sua fonte de energias.

Passando a ingerir proteínas, seguindo a dieta Paleo, o corpo na primeira semana vai sofrer um pouco, pois estava acostumado a sempre ter uma fonte seguida de “energia”, e com a ausência dela, passa a queimar de verdade, por um período de longa duração, os alimentos que demoram mais a serem dissolvidos por nosso organismo. Com o passar dos dias o seu corpo se acostuma com a nova maneira de se alimentar e resultado é emagrecimento com saúde. Ele também passa a ter mais disposição física, melhora do bem estar, e consequentemente, a prevenção de doenças.

Mas a dieta paleo é contra a ingestão de carboidratos (açúcar)?

Não. Como já citamos, nossos ancestrais eram também coletores. Nas frutas existem boas fontes de carboidratos, o que a paleo propõe é a diminuição drástica de açúcares, eliminando os industrializados, comendo apenas frutas e quando necessário, fazer o consumo de adoçante, nunca o açúcar industrializado. Ou seja, diminuindo a fonte principal de alimentação (carboidratos) por mais carnes (proteínas) e mantendo um baixo nível de carboidratos através das verduras e legumes.

Quem tiver dificuldades em ficar sem açúcar, poderá preferir Sucralose e não frutose. Exemplos de frutas boas para a ingestão de açúcar na Dieta Paleo: Frutas vermelhas (exceto maçã), coco e abacate.

Dicas revisadas por Luciana Borborema.

Outras dicas você encontra no site Receitas e Dietas academia.

Confira receitas da Dieta Paleo.

Conheça a Dieta Dukan e veja algumas receitas dukan (fase ataque) que podem ser utilizadas na Dieta Paleo.

Publicado em 16/05/2014

Categorias: Dieta PaleoDietas

Conteúdo exclusivo no seu email

Cadastre-se para receber nosso conteúdo exclusivo